Casa Ferreira Gonçalves - Desde 1943



Como detectar vazamentos

Caixa de descarga

  • Levante a tampa da caixa acoplada e coloque anilina ou corante na água de cor diferente da cerâmica. Aguarde 30 minutos sem utilizar o vaso e observe se a água colorida vazou para a bacia sanitária. Caso isto aconteça, há vazamento.

Ramais provenientes da caixa d’água

  • Feche todas as torneiras da casa e não utilize os sanitários;
  • Feche completamente a torneira de bóia, amarrando-a dentro da caixa d’água, impedindo a entrada de água;
  • Marque na caixa o nível da água, e após uma hora, no mínimo, verifique se ele baixou; Em caso afirmativo, há vazamentos na canalização, ou nos sanitários alimentados pela caixa d’água.

    Obs:
    Tratando-se de prédios com caixa subterrânea, deve-se desligar a bomba
    de recalque, fazendo o mesmo processo, acrescentando a marcação do
    nível da água dentro da caixa subterrânea, observando o nível para
    detectar possíveis vazamentos.

Ramal entre o cavalete da rua até a torneira de bóia na caixa d’água

  • Mantenha aberto o registro do cavalete;
  • Feche bem todas as torneiras da casa e não utilize os sanitários;
  • Feche completamente as torneiras de bóia das caixas, não permitindo a entrada de água;
  • Marque a posição do ponteiro maior do seu hidrômetro e, após uma hora, verifique se ele se movimentou;
  • Caso ele tenha se movimentado, é sinal de que existe vazamento no ramal diretamente alimentado pela rede abastecedora de água.

Ramal, direto da rede

  • Feche o registro do cavalete.
  • Abra a torneira e espere a água parar de correr.
  • Coloque um copo cheio de água na boca da torneira (fig. 1). Se a torneira sugar a água (fig. 2) é porque tem vazamento no cano.

Válvula de descarga

  • Jogue cinza na água do vaso sanitário e observe se ela vai ficar em movimento. Se a cinza não ficar parada no fundo da bacia indica que a água está em movimento e, portanto, há vazamento.

Disque Hidráulica

Maior revenda de hidráulica e gás de Minas Gerais.


(31) 3071.2222

© 2017. Copyright, todos os direitos reservados
Casa Ferreira Gonçalves. Desde 1923